A estranha entrevista de Cara Delevingne


Cara Delevingne

Depois do vídeo de uma entrevista se ter tornado viral, a britânica Cara Delevingne respondeu aos fãs. “Algumas pessoas não percebem sarcasmo”, escreveu.

A modelo, agora atriz, é uma das protagonistas do filme Cidades de Papel. Foi entrevistada sobre o seu primeiro grande papel como atriz no programa matinal norte-americano Good Day Sacramento, os apresentadores começaram por chamar-lhe Carla em vez de Cara e as respostas sarcásticas de Delevingne não foram bem recebidas. Mas a Internet defendeu-a.

“O filme é baseado num bestseller escrito por John Green e Cara Delevingne interpreta Margo, a protagonista. É um livro trabalhado em várias escolas secundárias. Teve a oportunidade de o ler?”, questiona Marianne McClary, uma das anfitriãs do programa. “Não, eu nunca li o livro.”, responde Cara.

A primeira pergunta de uma entrevista que durou pouco mais de três minutos deu o mote para as seguintes e para uma Cara Delevingne sarcástica e de poucos sorrisos. Depois de mais algumas questões respondidas no mesmo tom, Mark Allen, outro dos anfitriões do programa, interrompe para perguntar se há algum problema ou se a atriz está “apenas exausta”, ao que Delevingne responde que é a manhã depois da estreia do filme.

“Parece um bocadinho irritada. Provavelmente somos só nós”, comenta McClary para, logo de seguida, aconselhar a atriz britânica a ir “beber um Red Bull”. A entrevista acaba, depois, abruptamente e os entrevistadores continuam a fazer comentários sobre a atriz.

Depois do vídeo da entrevista se ter tornado viral na Internet, Cara Delevingne escolheu o Twitter para o comentar. “Algumas pessoas simplesmente não percebem sarcasmo ou o sentido de humor britânico”, escreveu, partilhando ainda o tweet do ator Zach Braff: “Como é condescendente perguntar a uma atriz se ela leu o livro”.