Está acabando o ouro negro do Iraque! Se sim vamos culpar os Bush


Está acabando o ouro negro do Iraque

Esforços do Iraque para maximizar suas receitas de petróleo está frustrando maiores empresas de energia do mundo que operam na região.

O segundo maior produtor da Opep elevou a saída para 3,8 milhões de barris por dia de óleo mais pesado e mais sulfuroso tornando-se uma grande parte dos novos fluxos. Isso levou o Iraque a criar duas classes - a nova Basrah pesado ao lado do tradicional Basrah Light.

Desde o seu lançamento em junho, parceiros de exploração do país - como a Shell, BP, Total, Lukoil, a Petronas e a China National Petroleum Corporation - receberam Basrah bruto pesado como pagamento em espécie para ajudar a desenvolver campos de petróleo do sul do Iraque.

Mas as empresas argumentam que a companhia estatal de petróleo do Iraque tem valorizado cada barril do novo grau bruto acima dos valores que os compradores estão dispostos a pagar e eles estão pedindo um desconto. Traders disseram que as refinarias precisam de tempo para testar o produto bruto antes de comprar uma remessa completa e pagar preços mais elevados, ou seja, os intermediários, por agora, não estão tendo um sucesso financeiro.

Estaria o Iraque tendo dificuldades de retirar ouro negro do solo, se isso for algo a pensar poderíamos colocar a culpa em J.W. Bush.