FBI, DEA e exército dos EUA compram Spyware italiano


FBI, DEA e exército dos EUA compram Spyware italiano

O FBI, DEA e Exército dos EUA têm o controle de um software comprado que permite aos usuários assumir o controle remoto de computadores de suspeitos.

Este software pode gravar suas chamadas, e-mails, teclas e até mesmo ativando suas câmeras, de acordo com documentos internos do fabricante italiano do software.

As revelações vêm de centenas de gigabytes de informações da empresa, incluindo e-mails e registros financeiros, que foram divulgados na noite de domingo e analisadas por O Intercept.

Os e-mails que vazaram mostram que o FBI tem vindo a utilizar software de Hacking desde 2011. Há muito tempo se informou que o FBI tem implantado malwares nas investigações, mas detalhes sobre os esforços da agência são poucos. O FBI supostamente desenvolve seu próprio malware e também compra produtos pré-embalados, mas o relacionamento da equipe com Hacking não foi previamente confirmada.