Líder do Estado Islâmico no Afeganistão e Paquistão morto em ataque de drone


Líder do Estado Islâmico no Afeganistão e Paquistão morto em ataque de drone

No ataque morreram outros 30 elementos do Estado Islâmico. Os EUA confirmam o ataque mas não a identidade das vítimas.

O chefe do movimento Estado Islâmico (EI) no Afeganistão e Paquistão foi morto na sequência de um ataque de um drone comandado pelos Estados Unidos.

Segundo a agência de inteligência afegã, Hafiz Saeed foi morto na sexta-feira, no leste do Afeganistão, quando "participava numa reunião com outros executivos" do EI.

Hafiz Saeed, ex-comandante dos talibã no Paquistão, foi morto numa operação conjunta de militares afegãos e norte-americanos, disse a agência de inteligência, em comunicado, adiantando que cerca de 30 membros do EI foram mortos.

A ofensiva ocorreu em Achin, distrito próximo da fronteira com o Paquistão, que se tornou um centro para as atividades do grupo Estado Islâmico no Afeganistão.

A morte de Hafiz Saeed é vista como um forte revés para os extremistas do EI, que procuram expandir-se no Afeganistão e no Paquistão.