CEO do Ashley Madison se demite após vazamento de dados


CEO do Ashley Madison se demite após vazamento de dados

Noel Biderman entrou em acordo com empresa que opera o site. Hackers vazaram 2 pacotes de dados do site: um de 10 GB e outro de 13 GB.

O CEO do site de traição Ashley Madison se demitiu nesta sexta-feira (28) em meio ao escândalo que envolve o vazamento de dados pessoais de milhões de usuários da página. A Avid Life Media, que opera o site de encontros para homens e mulheres infiéis a seus cônjuges, informou que a empresa e o executivo Noel Biderman estavam de acordo com a demissão.