Dinheiro sujo da Lava Jato pagou motorista de Gleisi Hoffmann (PT)


Dinheiro sujo da Lava Jato pagou motorista de Gleisi Hoffmann (PT)

Dinheiro de empresa da Lava Jato pagou até motorista de Gleisi Hoffmann (PT).

Sergio Moro encaminhou nesta terça-feira (25) ao STF os indícios de envolvimento da senadora Gleisi Hoffmann (PT) na Operação Lava Jato. Segundo o despacho, parte do dinheiro repassado da Consist ao escritório do advogado Guilherme Gonçalves foi usado para pagar despesas da senadora.

Um dos exemplos citados no despacho de Moro é o pagamento do salário de um motorista de Gleisi e sua vida boa. Segundo os investigadores, Gonçalves era responsável por administrar o “Fundo Consist”.

Como as revelações de corrupção continuam a sair, o país está mostrando sinais profundos de choque e indignação.

Brasil em crise e o Partido dos Trabalhadores lutando para continuar na história! Até o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, líder político mais imponente nas últimas décadas, está sob a nuvem de uma investigação sobre tráfico de influência.

Apenas meses após sua reeleição, Dilma Rousseff tem visto seus índices de aprovação mergulhar na casa de um dígito em 2015, a mais baixa de qualquer presidente brasileiro nas últimas décadas, com a economia sob stress, o produto interno bruto continua encolhendo mais de 2 por cento.

Essa turbulência era para ser uma coisa do passado no Brasil, uma democracia que reduziu a pobreza e aumentou muito o seu perfil global durante a década anterior.

Mas um escândalo de corrupção colossal está derrubando o sistema político, os políticos estão se engolindo, líderes empresariais e uma vasta rede de outros envolvidos no rombo feito na Petrobras, a companhia petrolífera controlada pelo governo petista.

Cerca de US $ 3 bilhões em subornos foram pagos em um esquema labiríntico para executivos da empresa, que enriqueceram de forma ilícita assim como figuras políticas quase todas do Partido dos Trabalhadores (PT), de acordo com o depoimento de pessoas envolvidas no esquema.