Governo pede ajuda à Interpol para encontrar suspeito do ataque em Bangcoc


Governo pede ajuda à Interpol para encontrar suspeito do ataque em Bangcoc

As autoridades tailandesas vão recorrer à ajuda da Interpol para encontrar o bombista de Banguecoque, principal suspeito do atentado a um templo. 

O homem já foi identificado como sendo um cidadão estrangeiro.

Vamos pedir hoje ajuda à Interpol, revelou Apichart Suriboonya, chefe da unidade tailandesa da Interpol, acrescentando que as autoridades não sabem se o suspeito já deixou o país.

Mais - Explosão em Bangcoc matou pelo menos 12 pessoas e feriu 25!
Mais - Explosão de bomba relatado em Banguecoque

O mandado de captura foi emitido logo após ter sido divulgado um vídeo onde se via um jovem de t-shirtamarela a deixar o explosivo no local e depois de a polícia ter divulgado um retrato-robô do principal suspeito.

O atentado a um templo em Banguecoque, na segunda-feira, causou 27 mortos e dezenas de feridos.