Paquistão matou comandante da Al-Qaeda no país Umar Lateef


Paquistão matou comandante da Al-Qaeda no país Umar Lateef

Forças de segurança paquistanesas mataram um alto comandante da Al-Qaeda.

As forças de segurança paquistanesas mataram um alto comandante da Al-Qaeda e deteram sua esposa em um ataque durante a noite em seu esconderijo na província sudoeste do Baluchistão, um ministro provincial disse no domingo. 

As forças de segurança também deteve duas filhas pequenas do casal que estão em custódia durante o ataque no distrito Chaghi. Um importante comandante da Al-Qaeda - ou seja Umar Lateef, de nacionalidade paquistanesa - foi morto. 

Disse o ministro da casa provincial Sarfraz Bugti aos jornalistas ele disse que Umar Lateef, e sua esposa Tayyaba apelidada de Fareeha Baji, um irmão e duas filhas ambos menores de cinco anos tinha estavam vivendo em Chaghi nos últimos 8-10 meses depois de se mudarem da província fronteiriça afegã de Nimruz. 

"Lateef era um alto comandante da Al-Qaeda para Baluchistão e no sul do Paquistão regiões de Punjab", disse Bugti. Ele também disse que "Seu irmão Bilal conseguiu escapar durante o ataque, provavelmente para o vizinho Afeganistão." 

A província de Punjab tinha oferecido uma recompensa de dois milhões de rúpias (US $ 20.000 dólares) por informações sobre o paradeiro de Lateef e meio milhão de rúpias por sua esposa, que foi chefe da ala feminina da Al-Qaeda no sul do Punjab e do Baluchistão.