Edward Snowden critica censuras da Rússia


Edward Snowden critica censuras da Rússia

Ex-funcionário da CIA e autor de revelações que estremeceram os EUA ao mostrar a espionagem em massa contra cidadãos e líderes mundiais, Edward Snowden recebeu um prêmio de liberdade de expressão na Noruega pelos serviços prestados com seus vazamentos.

 
Por lá, ele não poupou críticas nem à Rússia, país no qual está asilado desde quando apresentou provas da Agência de Segurança Nacional.

Esta decisão do governo russo de controlar cada vez mais a internet e o que as pessoas veem, e até mesmo a privacidade de algumas, para decidir qual é a maneira certa ou não de expressar seu amor um pelo outro, não só está fundamentalmente errado, como não é o papel de nenhum governo criticou na transmissão do Prêmio Bjørnson, ao ser questionado sobre a situação dos direitos humanos. É decepcionante, revoltante.

Na videoconferência, Snowden relativizou ainda o papel russo em asilá-lo. Por lá, vive há dois anos.

Edward Snowden critica Rússia - Correio da Manhã
EUA fazem pressão sobre aliados para rastrear Snowden - Sputnik Brasil
Snowden critica Rússia, para onde "nunca teve intenção de ir" - Observador

Nunca tive a intenção de ir para a Rússia, esse nunca foi meu plano. Eu estava apenas em trânsito, rumo à América Latina. Infelizmente meu passaporte foi congelado, anulado pelos EUA. Pedi asilo em 21 países, e todos ficaram em silêncio, se recusando a analisar o pedido porque não foi apresentado em seu território relatou. Na verdade, a Rússia foi um dos últimos países onde fiz meu pedido.