Google, Microsoft e Netflix se unem para criar novo formato de vídeo


Google, Microsoft e Netflix se unem para criar novo formato de vídeo

O anúncio foi feito nesta terça-feira, 1º, por Amazon, Cisco, Google, Intel, Microsoft, Mozilla e Netflix.

Os gigantes tentarão desenvolver um novo tipo de conteúdo capaz de aliar alta qualidade de vídeo, áudio, imagem e que seja capaz de ser transmitido por streaming para todo tipo de dispositivo de forma mais ágil.

Um grupo de sete companhias de tecnologia se uniram para formar a Alliance for Open Media, uma entidade voltada a criar um novo formato de vídeo que tenha tecnologia aberta.

Além disso, o novo formato será feito para rodar na internet, poderá ser transmitido por qualquer largura de banda e ser exibido em telas de quaisquer aparelhos, seja lá quais forem suas resoluções ou configurações de imagem.

A Alliance for Open Media não informou em que estágio estão os trabalhos para a criação do novo formato nem quando pretende apresentá-lo. A organização se limitou apenas a comunicar que ainda neste ano divulgará informações de como outras empresas poderão aderir.

A entidade reúne empresas interessadas na disseminação de vídeos adaptáveis, desde criadoras de softwares e hardwares como Intel, Microsoft e Cisco a desenvolvedores de serviços conectados como plataformas de vídeo e navegadoras, como Mozilla e Google. Há ainda no grupo as produtoras e distribuidoras de conteúdo Amazon e Netflix.

“A expectativa dos consumidores para a entrega de vídeo continua a crescer, e corresponder à expectativa deles requer a energia concentrada de um ecossistema inteiro”, afirmou Gabe Frost, o diretor-executivo da Alliance For Open Media.