Alibaba compra Youku Tudou o "YouTube chinês" por US$ 4,4 bilhões


Alibaba compra Youku Tudou o "YouTube chinês" por US$ 4,4 bilhões

O gigante chinês do comércio eletrônico Alibaba anunciou que chegou a um acordo com o Youku Tudou, um popular portal de vídeos considerado o equivalente ao YouTube na China, para adquirir a empresa em sua totalidade.

Até agora o Alibaba tinha 18,3% de suas ações, e por este acordo comprará o resto por US$ 4,350 bilhões, em uma tentativa de ampliar sua divisão de entretenimento.
Diferentemente do YouTube, Youku não rompe o prazo de vídeos. Youku.com tem atraído pelo menos 6,5 milhões de visitantes por ano, de acordo com uma pesquisa da Compete.com.
O Alibaba já tinha anunciado em meados de outubro que apresentou uma oferta de US$ 26,6 por cada ação depositária americana (ADS) do Youku, que cota no Nasdaq nova-iorquino e tem uma capitalização estimada de cerca de US$ 3,8 bilhões.

A compra foi finalizada por um preço superior, de US$ 27,6 por cada ADS, segundo o comunicado do Alibaba.

O Alibaba, que em 2014 realizou em Wall Street a maior saída da Bolsa da história, acredita que a aquisição do portal de vídeos seja um "pilar" de sua estratégia de entretenimento digital, pela qual apostou decididamente nos últimos meses.

O Youku é um portal líder em seu setor na China, sobretudo desde que em março de 2012 adquiriu seu principal concorrente, Tudou, para formar a empresa que agora fica sob o controle do Alibaba.