Apple não é racista


Apple não é racista

Após um funcionário ter expulsado estudantes negros de uma loja na Austrália, a Apple está sendo chamada de racista nas rede sociais.

As imagens mostram um grupo de seis jovens, alunos do Maribyrnong College, sendo comunicados por um funcionário da loja de que deveriam deixar o local. A justificativa: um segurança achou que eles poderiam roubar algo.
A Apple diz que o gerente da loja se desculpou com os estudantes e com o diretor da escola deles.
“Esses caras [da segurança] estão um pouco preocupados com a presença de vocês na nossa loja. Eles estão preocupados de que vocês possam roubar algo”, afirma o funcionário da Apple.