Dilma colocou o Brasil na mira do TERROR


Dilma acaba de colocar o brasileiro e Brasil na mira do TERROR

Dilma Rousseff defendeu um combate internacional “sem trégua contra o terrorismo”, após manifestar o “mais veemente repúdio contra os atos de barbárie da organização terrorista Estado Islâmico” em Paris.

Ela acabou de colocar uma mira em cada brasileiro. Quando um líder entra na guerra contra o terror, quem paga é a população. A Rússia entrou no conflito contra o ISIS e tão logo já teve uma baixa, quando o Estado Islâmico explodiu o Metrojet com passageiros quase todos russos.

A França fez o mesmo e Paris pagou o preço.