O campo petrolífero al-Omar no leste da Síria controlado pelo ISIS


O campo petrolífero al-Omar no leste da Síria controlado pelo ISIS

O campo petrolífero al-Omar no leste da Síria, com aviões que voam em cima, uma linha de caminhões se estendendo por seis quilômetros.

Esta é a terra do ISIS, a organização jihadista no controle de faixas do território sírio e iraquiano. O comércio de óleo tem sido declarado um alvo pela coalizão militar internacional lutando contra o grupo. E ainda assim ele continua, imperturbável.

O petróleo é o ouro negro que financia a bandeira do ISIS - ele alimenta sua máquina de guerra, fornece eletricidade e dá aos jihadistas fanáticos alavancagem crítica contra os seus vizinhos.
O óleo é vendido entre 20 e 45 dólares o barril, fazendo os militantes ganhar uma média de um pouco mais de 1,5 milhão de dólares por dia.
"É uma situação que faz você rir e chorar", disse um comandante rebelde da Síria em Aleppo, que compra diesel de áreas controladas pelo ISIS mesmo ele sabendo que suas forças lutam contra o grupo na linha de frente.

Investigações: o que já se sabe sobre os autores dos ataques em Paris - Terra Brasil
Estado Islâmico reivindica ataques em Paris que mataram mais de 120 - Globo.com

Por enquanto, o território controlado pelo ISIS, não a há falta de demanda para quem quer comprar óleo, "Todo mundo aqui precisa de diesel: para a água, para a agricultura, para os hospitais, para escritórios. Se diesel for cortado, não há vida aqui", diz um empresário que trabalha perto de Aleppo.