Exxon Mobil é investigada por enganar o público sobre a mudança climática


Exxon Mobil é investigada por enganar o público sobre a mudança climática

O estado de Nova Iorque está a investigar se a Exxon Mobil enganou o público e os investidores sobre os riscos da mudança climática, um movimento procurado por ambientalistas que poderiam sinalizar um ajuste de contas mais ampla com a realização de grandes empresas de energia.

Um porta-voz da Exxon Mobil confirmou quinta-feira que a empresa tinha recebido uma intimação do escritório do procurador-geral de Nova York, Eric Schneiderman, relacionado com o tema das alterações climáticas e foi "avaliar" a sua resposta.

A investigação centra-se em saber se a Exxon Mobil nublou intencionalmente o debate público sobre ciência e se a empresa escondeu dos investidores os riscos que a mudança climática pode representar para a sua atividade de acordo com uma pessoa familiarizada com o assunto.

O inquérito visa uma variedade de documentos e registros da empresa, de acordo com a pessoa familiarizada com a sonda, que falou sob condição de anonimato porque o conteúdo da intimação não tinha sido tornados públicos.