Hollande: ataques eram "ato de guerra"


Hollande: ataques eram "ato de guerra"
Um casal conforta o outro fora da sala de concertos Bataclan após um tiroteio em Paris, França.
O presidente francês, François Hollande, falando à nação, disse que os ataques na sexta-feira foram "um ato de guerra."

Ele disse que os ataques a um estádio,  teatro e café de Paris onde clientes foram "atacados por um exército terrorista, contra a França, contra os valores que defendemos em todo o mundo, contra o que somos: A país livre que significa algo para todo o planeta".

Mais - Caos em Paris explosão em estádio e tiroteio em restaurante

Ele disse que a França "vai ser implacável para com os bárbaros. "França "vai agir por todos os meios em qualquer lugar, dentro ou fora do país."