Usar burqa na Suíça pode dar multa de 9 mil euros


Usar burqa na Suíça pode dar multa de 9 mil euros

O cantão de Ticino, no sul da Suíça, aprovou a proibição da utilização de burqas. Quem decidir utilizar este traje, que cobre o rosto e o corpo da mulher, pode pagar uma multa de até 9 mil euros.

O parlamento regional do cantão de Ticino, no sul da Suíça, aprovou a proibição do uso da burqa. A decisão foi tomada em 2013 em referendo com dois em cada três dos habitantes daquela região a votarem favoravelmente a proibição daquele traje. A proibição não abre qualquer exceção para turistas e as multas para quem insistir em usar burqa oscilam entre 92 euros a 9200 euros.

Esta decisão virá reacender o debate um pouco por toda a Suíça, já que forças da extrema-direita pretendem banir não só a burqa e o niqab, mas também a construção de minaretes das mesquitas. A burqa não é permitida na França e na Bélgica.

RECOMENDADO: