Usuário relarou que Apple Watch queimou seu pulso


Usuário relarou que Apple Watch queimou seu pulso

O Apple Watch está sendo apontado como causador de fortes queimaduras no pulso de um usuário na Dinamarca. O caso foi reportado pelo site local Ekstra Bladet, segundo o qual o caso ocorreu em 17 de outubro com um homem chamado Jørgen Mouritzen.

Mouritzen e uma testemunha dizem que o relógio simplesmente esquentou enquanto estava em uso, e a coisa foi tão séria que algumas partes da pele do pulso foram abertas (as fotos, um tanto fortes, podem ser vistas aqui).

Após relatar o caso à Apple, o usuário ficou à espera de uma análise interna porque queria que a companhia trocasse o relógio danificado por um novo. Só que a Apple disse ao 9to5Mac que não há como o dispositivo ter causado os ferimentos.

Segundo a empresa, não foi encontrada qualquer evidência de que o Apple Watch apresentou defeito. Além disso, as queimaduras teriam sido causadas pela pulseira, justamente a parte do relógio em que não há atividade elétrica.

A Apple julgou que o caso é particular entre ela e o usuário, portanto não foi informado se ela substituiu o produto. Em seu site, a companhia avisa que algumas pessoas podem apresentar sensibilidade aos materiais usados na composição do relógio e que usá-lo muito apertado ou frouxo pode causar fricção.

RECOMENDADO: