Google comprova eficácia de computador quântico da D-Wave


Google comprova eficácia de computador quântico D-Wave

D-Wave resolveu problemas lógicos 100 milhões de vezes mais rápido que concorrente. Eficiência de computadores quânticos sempre foi questionada por cientistas.

Desde que os primeiros chips foram anunciados, o tema "computação quântica" sempre foi polêmico entre pesquisadores, tudo porque a eficiência desses dispositivos e o real uso que fazem da física quântica jamais fora comprovada cientificamente. Mas o Google diz que conseguiu essa comprovação, que pode revolucionar completamente o modo como entendemos a velocidade de computadores.
Para atingir o estado quântico, é resfriado por hélio líquido até 0.02K de temperatura.
Segundo a gigante das buscas, o computador D-Wave, comprado em 2013 da empresa de mesmo nome, teve a eficiência comprovada em um processo conhecido como "arrefecimento".

Os testes desenvolvidos pelo Google demonstraram que o D-Wave foi 100 milhões de vezes mais rápido que o seu oponente, um supercomputador que utiliza chips que trabalham com lógica binária.

Como isso muda sua vida? O D-Wave é apenas o primeiro passo para uma possível revolução da computação quântica, embora as pesquisas ainda estejam em estágios iniciais.

Pesquisadores mais céticos afirmaram que a vitória ainda precisa ser melhor investigada. A publicação Technology Review, do Instituto de Tecnologia de Massachussetts, um dos mais prestigiados do mundo, afirmou que a pesquisa precisa ser replicada em outras condições, uma vez que o algoritmo que o computador quântico rodou foi otimizado para o processador que ele carrega, coisa que não foi feita com o supercomputador concorrente comum.

O Google rebateu o questionamento, dizendo que reescrever o código para um supercomputador comum demandaria muito tempo para qualquer equipe de pesquisa, o que em condições normais jamais será feito em qualquer instituto pelo mundo.

Em teoria, computadores com processadores quânticos podem esbanjar velocidade porque utilizam propriedades da física quântica. Enquanto os computadores normais rodam código binário, em que bits valem o ou 1, os computadores quânticos processam os chamados qubits, que podem ser 0 e 1 ao mesmo tempo.

O que o D-Wave pode fazer em um segundo, um computador convencional com um núcleo no processador precisaria de 10 mil anos anunciou o chefe do laboratório quântico do Google em Los Angeles Hartmut Neven.

Apesar do possível avanço, ainda não existe qualquer previsão para a comercialização de uma belezura dessas para cidadãos comuns (e nem em um tamanho aceitável).

Quer saber mais novidades do Google? Confira abaixo na galeria toda a nossa cobertura da mais recente conferência da empresa!

RECOMENDADO: