Obama testa seus limites no Alasca com Bear Grylls


Obama testa seus limites no Alasca com Bear Grylls

Barack Obama testa limites no Alasca com Bear Grylls mas leva 50 agentes do serviço secreto.

Obama chegou a comer um salmão já mastigado por um urso, caminhar por encostas íngremes, aprender técnicas de defesa a um ataque de um urso ou conhecer as vantagens e riscos de beber a própria urina em situações de emergência.

No episódio, o líder da Casa Branca passa um dia com Bear Grylls na zona selvagem do Alasca, para conhecer o glaciar de Harding Ice Field e alertar para as alterações climáticas. Mas não foi sozinho. O anfitrião do programa conta que Obama esteve acompanhado por 50 agentes do Serviço Secreto, alguns de perto e outros estrategicamente posicionados ao longo do percurso feito no formato. Para além disso, o presidente dos EUA levou consigo um provador de comida, franco-atiradores e foi vigiado ainda por um helicóptero.

Uma experiência que o líder da Casa Branca não irá, certamente, esquecer. Há uma semana, em entrevista à revista People, Barack Obama elegeu esta participação como um dos seus momentos preferidos do ano.

Apesar do aparato, o ex-soldado da British Special Forces frisa que Obama se prestou a fazer de tudo.