E a guerra no Twitter contra a Arábia Saudita continua


E a guerra no Twitter contra a Arábia Saudita continua

Os usuários do Twitter estão provocando a Arábia Saudita com a hashtag #SueMeSaudi depois que o governo anunciou que vai processar a pessoa que comparou o reino ao Daesh, também conhecido como ISIS ou Estado Islâmico.
Seu regime é bárbaro. Decapitação nunca é justificada. A ideia de sua presidência do Conselho de Direitos Humanos da ONU é uma piada de mau gosto. #SueMeSaudi.
Arábia Saudita, em novembro condenou o poeta palestino Ashraf Fayadh à morte por "espalhar o ateísmo e desrespeitar o profeta". Um usuário do Twitter identificado disse que a sentença era parecida com as feitas pelo "ISIS", coisa que a Arábia Saudita não gostou nada.
Arábia Saudita ficou furiosa por ter sido comparada ao ISIS. Eles não devem estar perdendo a cabeça tão rapidamente (sem um julgamento justo). #SueMeSaudi.
Os outros estão compartilhando uns desenhos políticos animados, que mostra as semelhanças entre a pena capital realizadas pela Daesh e Arábia Saudita.

Mais - Usuários do Twitter contra a Arábia Saudita!

Sistema de justiça da Arábia Saudita é baseado na lei islâmica Sharia, e os seus juízes são clérigos da ultra-conservadora escola Wahhabi do reino do Islã sunita.