Twitter alerta os usuários sobre ataques patrocinados pelo Estado


Twitter alerta os usuários sobre ataques patrocinados pelo Estado

Depois do Facebook e Google, Twitter agora tem alertado seus usuários quando eles se tornam vítimas de um ciberataque patrocinado pelo Estado, um relatório confirma.

Pelo menos 11 usuários do Twitter, que estão trabalhando como pesquisadores de vigilância em massa, profissionais de segurança, e (uma) organização de privacidade, na sexta-feira receberam notificações de que a suas contas podem ter sido alvo de ataques patrocinados pelo Estado. O Twitter notou na sua carta de notificação que acredita que somente endereços de e-mail, endereços IP e números de telefone teriam sido expostos. 
"A rede social começou a alertar recentemente alguns usuários" que podem ter sido alvo de ataques produzido pelo governo tentando obter endereços de e-mail, conexões de rede e números de telefone."
Recentemente, ambos Facebook e Google emitiram alertas de emergência semelhantes para ataques patrocinados pelo Estado. Os ataques são um motivo de preocupação porque o acesso a contas de mídias sociais podem ser lucrativas para determinados atacantes. Um relato poderia render acesso a dezenas de outros e abrir linhas de comunicação entre as pessoas em um campo ou na rede particular. 

O Twitter está oferecendo sugestões como usar o Tor para quem está preocupado que sua informação pessoal. Tor é um software livre que permite a comunicação anônima e direciona o tráfego de internet através de uma rede de voluntários livres para esconder a localização do usuário e uso de qualquer pessoa a realização de vigilância de rede ou análise de tráfego.