Culpar um homem pelas ações erradas de outros, é arriscado


Culpar um homem pelas ações erradas de outros, é arriscado

Chapo nasceu em 1957 em La Tuna, uma aldeia de 200 pessoas na sede do condado de Badiraguato, 75% de sua população vive em algum tipo de pobreza, um terço dos quais em condições extremas. É um lugar esquecido pelo governo do México.

Se você não pode imaginar, estamos a falar de uma pequena cidade imersa em uma pobreza esmagadora, privada de possibilidades educativas, culturais, profissionais e econômicos.

Desde muito cedo, Chapo viveu com violência em duas áreas, familiar e social. No primeiro, um pai supostamente alcoólico, misógino e o espancamento que Chapo se confrontou regularmente em defesa de seus irmãos; um pai que usava toda a renda familiar com mulheres e álcool.

Na segunda área-um mundo social ostensivamente cruel. Chapo com 17 anos, viu soldados caindo de helicópteros e arrasando La Tuna: saqueando casas, espancando crianças, matando camponeses e, para o desespero da montanha, tudo com a cumplicidade do governo local.

Não surpreendentemente, Chapo, como muitos jovens da região, ontem e hoje, começaram a sonhar em escapar de lá.

O Público e eu sabemos o que toda criança aprende, aqueles a quem se faz mal fazem mal em retorno. - W. H. Auden