Hitler viveu: novos arquivos secretos do FBI revelam



Uma nova investigação baseada em arquivos secretos do FBI afirmam que Hitler sobreviveu ao fim da 2ª Guerra Mundial e fugiu para Ilhas Canárias e, em seguida, a América do Sul.

Um respeitado ex-ONU que estuda crimes de guerra John Cencich conclui o ditador do mal não atirou a si mesmo e sua esposa Evan Braun.

Parece que a Segunda Guerra Mundial pode ter terminado e todos ficaram felizes para sempre para o líder nazista - que viveu uma vida de luxo sob o sol enquanto o mundo se lamentava.

Crencich, que liderou sondas em crimes de guerra pelo mundo, disse que ele costumava pensar que Hitler falsificou teorias da conspiração "nonsense".

Mas depois de peneirar 700 páginas de arquivos desclassificados secretos e viajado para vários pontos sobre a suspeita de rota de fuga, ele agora está convencido de que o Führer do Terceiro Reich viveu banhado pelo sol.

Entre a prova convincente de que Hitler forjou sua própria morte é o fato de que seu corpo foi gravado pelos russos como sendo cinco polegadas mais curto do que o ditador era.

Um crânio com um buraco de bala foi dito ser menor.

Hitler viveu: novos arquivos secretos do FBI revelam

O cadáver de Hitler também desapareceu antes que as autoridades britânicas e americanas pudessem chegar para verificar a real notícia.

Nos papéis secretos, o chefe do FBI J. Edgar Hoover disse que não havia nada a provar que Hitler estava morto.

Crienich juntamente com veterano da CIA, Bob Baer descobriram uma rede de túneis que formavam uma rota para o Aeroporto Tempelfhof.

Hitler, então, teria voado para Espanha fascista e, em seguida, para as Ilhas Canárias.

De Canárias os arquivos mostram que ele acabou viajando por U-Boat para a Argentina, onde se encontrou com amigos ricos.

Ele levou uma vida de luxo em um complexo secreto, o tempo todo.

Crienich disse: "Estou muito satisfeito com o que temos encontrado. Ele poderia ter feito isso aqui Absolutamente.?".

relatório do FBI no vôo de Hitler para a América do Sul, das ilhas Canárias
Relatório do FBI do voo de Hitler para a América do Sul, das ilhas Canárias.