Israel rejeita oferta de paz da França


Israel rejeita oferta de paz da França

Israel rejeitou ontem à noite a nova iniciativa de paz proposta pelo ministro dos Negócios Estrangeiros francês Laurent Fabius. 

A França disse que eles vão reconhecer o Estado da Palestina

Se Israel, que parece ser a parte que mais late mais não morde se recusar a conversar, a França irá, em seguida, conceder o reconhecimento a Palestina como um Estado, que já existe de fato.

Israel não tem direitos para opinar sobre se ou não o resto do mundo reconhece a Palestina. 

França há muito tempo pediu a criação de um Estado palestiniano no final das negociações. Um Estado para os palestinos é um direito, repetidamente reafirmado, e reconhecido no plano de partilha da Palestina em (1947). No entanto, o reconhecimento da Palestina deve servir a paz. É por isso que a França defende a idéia de que isso deve acontecer no âmbito de uma solução global e definitiva para o conflito, negociado pelas duas partes. Se a negociação for impossível, ou se não há conclusões, a França irá assumir as suas responsabilidades, reconhecendo sem demora o Estado palestino.