OMS prevê 1,5 milhão de casos do Zika vírus no Brasil


OMS prevê 1,5 milhão de casos do Zika vírus no Brasil

A Organização Mundial de Saúde (OMS) acredita que o Zika vírus, que está se espalhando pelas Américas, poderá afetar entre três milhões e quatro milhões de pessoas, incluindo 1,5 milhão apenas no Brasil, afirmou um especialista nesta quinta-feira.

A diretora-geral da OMS, Margaret Chan, disse que a disseminação da doença, que é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, passou de uma ameaça moderada para uma questão de proporções alarmantes.

A principal ação de combate ao mosquito é evitar sua reprodução. O Aedes aegypti se prolifera nos locais onde se acumula água. Por isso, é importante não deixar recipientes expostos à chuva. Recomenda-se também a instalação de telas de proteção em janelas e portas e o uso de repelentes.