Starbucks vai abrir 2.500 lojas na China


Starbucks vai abrir 2.500 lojas na China

Starbucks está confiante no futuro da economia da China, informa o Wall Street Journal. E por isso a rede vai abrir 2.500 lojas na país.

Em uma entrevista para o jornal WSJ, o CEO da cadeia do café, Howard Schultz, disse que será aberta cerca de 500 novas lojas por ano ao longo dos próximos cinco anos.

Starbucks já tem atualmente 2.000 lojas espalhados ao redor de uma centena de cidades da China.

No último trimestre, as vendas da cadeia de café na divisão da China e Ásia-Pacífico totalizou 652,2 milhões de dólares, mais que o dobro do ano anterior, e Howard Schultz espera que a China possa acabar tornando-se seu maior mercado.

O jornal relata que as vendas de Starbucks na China nos últimos meses têm crescido, enquanto outras empresas de alimentos e bebidas estrangeiras como Yum Brands, dona Pizza Hut e KFC, ou o fabricante de chocolate Hershey, caíram.

Uma hora após a abertura do pregão, as ações da Starbucks subiram 2,38% no Nasdaq, que depreciou 1,51% desde o início de 2016, embora nos últimos doze meses subiram 47,37%.