Huawei a única fabricante asiática que mostrou apoio a Apple


Huawei a única fabricante asiática que mostru apoio a Apple

Huawei é a única fabricante de dispositivo asiática a apoiar Apple na questão da criptografia.

Como a Apple resiste o governo dos EUA em um alto impasse sobre privacidade, os fabricantes de dispositivos rivais, por enquanto, se mantem calados diante da batalha.


A maioria são empresas asiáticas - a região produz oito em cada 10 smartphones vendidos em todo o mundo - e operam em um cenário legal de segurança complexa.

Apenas Huawei da China tem apoiado publicamente o CEO da Apple, Tim Cook em sua luta para resistir às exigências para desbloquear um iPhone criptografado pertencente a uma das pessoas que participou de um tiroteio em San Bernardino, Califórnia em dezembro.

"Nós colocamos um monte de investimento em privacidade e proteção de segurança que é fundamental e muito importante para o consumidor", Richard Yu, presidente-executivo do grupo de negócios de consumo da Huawei, disse a repórteres no Mobile World Congress, no início desta semana.

CEO da Lenovo Yang Yuanqing recusou-se a dizer se ele apoia a posição da Apple.

"Hoje isso acontece com a Apple, amanhã pode acontecer com telefones móveis da Lenovo. Portanto, temos de ser muito cuidadosos. Precisamos de algum tempo", disse Yang à Reuters.

Samsung e a fabricante de dispositivos chinesa Xiaomi se recusaram a comentar, enquanto a ZTE não respondeu aos pedidos de comentários.

fabricante de celulares sul-coreana LG Electronics disse que leva a privacidade pessoal e segurança muito a sério, mas se recusou a dizer se eles já tinham trabalhado com qualquer governo para inserir os chamados "backdoors" nos seus produtos.