Super Bowl 50: vão os Denver Broncos parar os Carolina Panthers?


Super Bowl 50: vão os Denver Broncos parar os Carolina Panthers?

Chegou aquele que será provavelmente o momento mais esperado no calendário desportivo americano, o momento em que os EUA param. O Super Bowl, a final da Liga norte-americana de futebol americano (NFL), joga neste domingo no Levi’s Stadium, em Santa Clara, Califórnia. São os Denver Broncos contra os Carolina Panthers.

Vão os Panthers, equipe baseada em Charlotte, na Carolina do Norte, conquistar o seu primeiro campeonato ou vão os Denver, de Denver, Colorado, conseguir o terceiro título da sua história?

É por isso a equipe da Carolina do Norte a favorita à vitória, depois de ter terminado a época regular com apenas uma derrota em 16 jogos (15-1), um recorde para os Carolina Panthers, que se tornaram o sétimo clube a conseguir este feito. Cam Newton, de 26 anos, é a estrela da equipe. É para ele e para Manning, de 39 anos que as atenções se viram, num confronto de gerações. Manning, no entanto, não fez um campeonato brilhante mas a imprensa especializada norte-americana destaca como o jogador esteve perto da sua melhor forma no jogo de playoff, no final de Janeiro, que afastou os New England Patriots de Tom Brady.

Não é por acaso, que o encontro deste domingo é um encontro milionário, onde todas as marcas querem estar presentes com os já badalados anúncios publicitários pagos a peso de ouro: são cerca de quatro milhões de dólares por um espaço de 30 segundos durante os intervalos do jogo.

Já para o lado da celebridades.

Se no ano passado, brilharam Bruno Mars e Katy Perry, com os seus bailarinos vestidos de tubarão, este ano cabe a Lady Gaga cantar o hino que dá início ao evento, e aos Coldplay animar a festa. Os britânicos atuarão com Beyoncé, e correm rumores de que Bruno Mars voltará também (o músico foi visto a ensaiar no estádio onde tudo vai acontecer).