Jornal britânico ‘The Independent’ deixará de ser publicado em papel


O diário britânico ‘The Independent’ deixará de ser publicado em papel

O diário britânico The Independent encerrará em março sua edição em papel. Foi o que confirmou nesta sexta-feira seu proprietário, Evgeny Lebedev. A última edição do jornal, o mais jovem dos principais diários britânicos, fundado em 1986, será publicada previsivelmente em 26 de março. No dia 20 do mesmo mês chegará às bancas a última tiragem do Independent on Sunday, a edição dominical. A empresa não esclareceu quantos dos 150 funcionários perderão o emprego, mas reconheceu que “haverá demissões”.

O Independent será o primeiro jornal britânico a ser publicado somente online. “A indústria editorial está mudando, e são os leitores que protagonizam essa mudança”, disse Lebedev. “Eles nos mostram que o futuro é digital. A decisão preserva a marca Independent e nos permite continuar investindo em conteúdo editorial de alta qualidade que atrai mais e mais leitores para nossas plataformas digitais”.

Em seu pico de audiência, em meados dos noventa, o Indie, como é popularmente conhecido, vendia mais de 400.000 exemplares por dia. Em meados da década seguinte a circulação havia caído pela metade. Segundo os editores, o site do jornal já tem mais de 58 milhões de leitores por mês e dá lucro. A previsão é que a receita da edição online cresça 50% este ano.

A empresa também anunciou a venda do diário i100 para a Johnston Press.