A relação confortável de Donald Trump com a mídia liberal



Quinta-feira cedo de manhã, Gawker recebeu um e-mail anônimo com um anexo que pretendia revelar gravações da caixa de entrada do correio de voz de Donald Trump. Entre as gravações existiam mensagens deixadas para Trump por várias das celebridades mais notáveis atualmente, de Joe Scarborough da MSNBC, Mika Brzezinski, e Tamron Hall.

Gawker foi incapaz de verificar de forma independente a sua autenticidade, as gravações certamente parecem ser genuínas. Além daqueles das personalidades MSNBC, havia mensagens de longa data do conselheiro de Barack Obama, David Axelrod, da personalidade do esporte americano Tom Brady, e do promotor de boxe Don King, os quais falaram com Trump em uma maneira amigável e familiar.

Os principais rivais de Donald Trump para a nomeação republicana, os senadores Ted Cruz e Marco Rubio, ambos a muito tempo vem pressionando Trump a autorizar The New York Times a liberar uma transcrição ou a gravação de uma entrevista conduzida por ele com o jornal. Eles acham que a gravação irá revelar que Trump não é a versão de si mesmo que ele apresenta aos eleitores republicanos, mas sim um autêntico empresário da elite de Manhattan, que conta entre seus amigos pessoais muitos membros da mídia liberal decadente.