Ateu russo é preso por negar a existência de Deus


Ateu russo é preso por negar a existência de Deus

Viktor Krasnov está sendo processado sob uma lei controversa após ser acusado de "ofender os sentimentos dos crentes ortodoxos".

Um homem no sul da Rússia enfrenta uma potencial sentença de prisão depois que ele foi acusado de insultar os sentimentos dos crentes religiosos através de um chat na Internet no qual ele escreveu que "não há Deus".

Krasnov, cujo caso começou no mês passado, passou um mês em uma ala psiquiátrica, fazendo exames psiquiátricos antes de ser finalmente considerado sã.

Viktor Krasnov, 38 anos, apareceu no tribunal na quarta-feira, ele está sendo processado sob uma lei controversa de 2013 que foi introduzida após um grupo de punk terem sido presos por uma performance na principal catedral de Moscou, seu advogado Andrei Sabinin disse à AFP.