Um dos suicidas de Bruxelas era um fabricante de bombas


Um dos suicidas de Bruxelas era um fabricante de bombas

Um dos dois homens que se explodiu no aeroporto de Bruxelas na terça-feira foi um fabricante de bombas que ajudou a produzir dois coletes suicidas usados ​​nos ataques que mataram 130 pessoas e em Paris em 13 de novembro, as autoridades belgas, disseram na sexta-feira.

O fabricante de bombas - Najim Laachraoui, 24, um cidadão belga que foi para a Síria em fevereiro de 2013 - foi descrita como cúmplice de Salah Abdeslam, 26, que foi capturado na Bélgica depois de quatro meses de uma caçada global. Abdeslam é suspeito de ser o único sobrevivente participante direto nos ataques de Paris, e sua prisão parece ter acelerado o ataque a Bruxelas.