Carl Icahn vende todas as suas ações da Apple


Carl Icahn vende todas as suas ações da Apple

O investidor bilionário Carl Icahn, que estava entre os maiores acionistas externos da Apple, disse na quinta-feira que ele já não ocupa mais uma posição na empresa de tecnologia.

"Nós já não temos uma posição na Apple", disse Icahn na CNBC, acrescentando que ele ainda acredita que a Apple é uma "grande empresa".

Carl Icahn anteriormente tinha 45.8 milhões ações da Apple, no valor de 4,4 bilhões, segundo dados da Bloomberg.

Sua saída marca o fim de um caso de amor, uma vez que o Icahn raramente elogiou a Apple e Tim Cook, seu presidente-executivo, desde que este assumiu a sua participação inicial na empresa em 2013.

"A cada 50 anos, você tem uma empresa como esta que tem tudo a seu favor", ele disse ao programa de TV Wall Street Week. "Eu me sinto tão seguro com a Apple que, se ela for para baixo, eu só compraria mais, eu não me preocupo." Em outras ocasiões, ele chamou Tim Cook um "CEO ideal".

RECOMENDADO: