Rede Globo é implicada no escândalo do Panama Papers


Rede Globo é implicada no escândalo do Panama Papers

A Rede Globo está ligada a uma investigação de lavagem de dinheiro sobre as transações financeiras irregulares recebidos pelos direitos de transmissão.

A maior rede de televisão do país está em grande parte ligada ao "Panama Papers" de acordo documentos divulgados.

Segundo o relatório, a TV Globo é citada "muitas vezes" em uma investigação de lavagem de dinheiro do De Nederlandsche Bank, que revelou que durante anos o meio de comunicação conduziu várias "operações financeiras irregulares" através de paraísos fiscais, a fim de pagar direitos de transmissão para a Copa Libertadores.

Notícia relacionada - Mossack Fonseca tem ajudado ricos a lavarem dinheiro em paraísos fiscais

Algumas das empresas que pagaram por esses direitos já estão sob investigação pelo FBI após o escândalo de corrupção da FIFA. No entanto, a nova informação também revelou que um punhado dessas empresas de fachada aparecem nas listas reveladas no vazamento maciço de documentos fiscais da base de dados interna da firma panamenha Mossack Fonseca.

Depois do escândalo "Panama Papers" que explodiu no domingo, foi revelado que o alto perfil da empresa panamenha especializada na criação de empresas de fachada que ajudaram seus clientes a lavarem dinheiro, se esquivarem das sanções e sonegar impostos, tinha a Rede Globo como possível cliente.

O escândalo também implica empresários de alto nível e da direita política, incluindo o presidente da Argentina, Mauricio Macri, o presidente mexicano Enrique Peña Nieto e até mesmo Eduardo Cunha.

A lista também inclui negócios das elites políticas de todo o mundo.