Seymour Hersh diz que Hillary aprovou o envio de sarin da Líbia para os rebeldes sírios


Seymour Hersh diz que Hillary aprovou o envio de Sarin da Líbia para os rebeldes sírios

O grande jornalista investigativo Seymour Hersh, informou que a administração Obama falsamente culpou o governo da Síria, pelo ataque com gás sarin que Obama estava tentando usar como uma desculpa para invadir a Síria; e Hersh apontou para um relatório da inteligência britânica dizendo que o sarin que foi usado não veio de estoques de Assad. Hersh também disse que um acordo secreto em 2012 foi alcançado entre o governo Obama e os líderes da Turquia, Arábia Saudita e Qatar, para configurar um ataque com gás sarin e culpar Assad para que os EUA pudessem invadir e derrubar Assad. Pelos termos do acordo, o financiamento veio da Turquia, bem como da Arábia Saudita e Qatar; a CIA, com o apoio do MI6, foi responsável por obter armas dos arsenais de Gaddafi na Síria.

No entanto, agora, pela primeira vez, Hersh tem implicado Hillary Clinton