Casa Branca "lamenta" os atentados em Bagdá, mas só lamenta!


Casa Branca "lamenta" os atentados em Bagdá - MichellHilton.com

A Casa Branca no domingo condenou os atentado de Bagdá em que um caminhão frigorífico repleto de explosivos matou mais de 140 pessoas e feriram 200, dizendo que o ataque só fortaleceu a determinação dos EUA para enfrentar Estado Islâmico.

"Permanecemos unidos com o povo iraquiano e com o governo em nossos esforços combinados para destruir o ISIL", disse o comunicado da Casa Branca, usando um nome alternativo para ISIS. 

Uau. Unidos!!! Deve ser por isso que o país se chama Estados Unidos, não Estados Aliados dos Unidos.

Pelo menos 140 pessoas - cerca de 80 por cento deles com menos de 30 anos de idade - foram mortos quando eles quebravam rápido para o mês sagrado do Ramadã, em Karrada, um bairro de classe média no centro de Bagdá.

Muitos se reuniram para assistir ao jogo de futebol entre a Itália e a Alemanha, que terminou pouco antes da explosão eclodir, logo após a meia-noite, o Washington Post relatou o acontecido. As famílias foram celebrar o fim do ano escolar com seus filhos, de acordo com o New York Times.

"Ele [o homem-bomba] escolheu o momento perfeito para causar vítimas," disse Dhu al-Fuqqar, que estava trabalhando nas proximidades no momento da explosão, dizendo ao Washington Post.