Livros recomendados por Bill Gates


Bill Gates - MichellHilton.com

Em média, o co-fundador da Microsoft, Bill Gates lê cerca de 50 livros por ano. Ele tem sido um amante da leitura desde a infância, e ele carrega isso com ele hoje. Em seu blog pessoal, GatesNotes, ele freqüentemente faz comentários de livros que ele leu, incluindo ficção e não-ficção.

Aqui estão livros que Gates particularmente recomenda para seus fãs e seguidores. Esta coleção particular, abrange uma variedade de tópicos, mas o mais importante, incentiva novas formas de pensar e aprender.

What If? Respostas científicas e sérias para perguntas hipotéticas absurdas

Este livro de Randall Munroe (que é na verdade uma compilação de mensagens de seu perversamente popular blogue XKCD.com) é igualmente extravagante e informativo. Ele explora questões como "de qual altura podemos soltar um bife para que ele chegasse cozido ao chão?" E "o que aconteceria se você fizesse uma tabela periódica de tijolos em forma de cubo, onde cada tijolo seria feito do elemento correspondente?", e ele fornece explicações que são bem pesquisadas e cientificamente válidas. Você vai se divertir, e Gates diz, "você também vai aprender sobre um monte de outras coisas como balística, DNA, os oceanos, a atmosfera e relâmpagos."

"Should We Eat Meat?"

Escrito por Vaclav Smil, mostra a cadeia produtiva da carne como uma ameaça para o planeta, por conta dos gastos com água e terra fértil, e como prova da nossa crueldade com os animais. Gates diz que não acredita em reduções drásticas no consumo de carne, mas que problemas trazidos pela produção estimularão a criação de processos inovadores, como o aumento da produtividade nas lavouras e a produção de carne artificial. 

Medidas épicas: Um médico. Sete bilhões de pacientes

No início de 2000, o médico e economista Chris Murray partiu em uma das maiores missões científicas do nosso tempo. Ele procurou criar um banco de dados abrangente que explicaria as maiores causas de morte e incapacidade, como eles se comparam e como tudo muda ao longo do tempo e em diferentes países. Ele acabou fazendo o que hoje é conhecido como a Global Burden of Disease (GBD) - é gratuito e está disponível para todos (como ele sempre pretendeu que fosse), e é agora o padrão mundial para os dados sobre saúde. Este livro de Jeremy N. Smith narra a viagem do Murray para criar esta base de dados, bem como as informações nela. "Medidas épicas dá-lhe um bom senso de por que tudo isso é tão importante", Gates escreve na sua avaliação.