Bancos sob ataques persistentes e sofisticados, adverte SWIFT


SWIFT - MichellHilton.com

Algumas instituições financeiras ainda têm de tapar buracos de segurança apesar de enfrentarem uma ameaça constante de hackers online.

Os bancos que trocam informações de pagamento usando o sistema de mensagens globais SWIFT foram instados a reforçarem a segurança para se proteger contra ataques contínuos por hackers.

Desde que os cibercriminosos utilizaram um código SWIFT para roubar 80 milhões de dólares de um banco de Bangladesh, algumas organizações do setor financeiro ainda tem buracos significativos em suas defesas de segurança cibernética, de acordo com uma carta recebida pela Reuters.

Em um comunicado enviado aos seus clientes, o SWIFT revelou que novas tentativas foram feitas para roubar recursos dos bancos e que, apesar das novas medidas de segurança que estão sendo posto em prática, alguns dos ciberataques ter sido pelo menos parcialmente bem sucedido.

"Os ambientes dos clientes ter sido comprometidos, e as tentativas posteriores fizeram com que fossem enviadas instruções de pagamento fraudulentas", disse a carta recebida pela Reuters. "A ameaça é persistente, adaptativa e sofisticada - e está aqui para ficar."

No caso do incidente com o banco de Bangladesh em fevereiro, os hackers, em última instância foram capazes de tirar partido da segurança quase inexistente, sem firewalls e equipamentos de rede baratos, de segunda mão usados ​​para se conectarem ao SWIFT, assim eles conseguiram se infiltrar nos sistemas do banco e fugir com os milhões.