Dilma pede eleições para pacificar o país que ela afundou


Dilma Rousseff - MichellHilton.com

O Brasil já está pacificado desde que está incompetente teve seu pedido de impeachment aceito.

O que está acontecendo é um caso típico de ilusão: nem mesmo seu partido quer ela de volta, nem quer novas eleições antecipadas.

E mais, esta eleição antecipada é ilegal perante a Constituição do Brasil. O processo de impeachment ainda não está totalmente completo, ela ainda é o presidente no papel. Por enquanto, ela só está suspensa. Dilma já disse que não vai renunciar, mas seus dias estão contados.

É amplamente esperado que ela seja cassada e permanentemente afastada do cargo no final de agosto, pesquisas recentes de senadores em jornais do país mostravam com clareza sua derrota.