Bayer oferece 65 bilhões pela Monsanto


Bayer Monsanto - Michell Hilton

Monsanto, a amargura dos ambientalistas, se rende. Depois de ter resistido durante meses, o grupo norte-americano está pronta para ser comprada pela rival alemã Bayer. Já poderoso em pesticidas, inferior em sementes, a Bayer tornar-se a líder mundial indiscutível nestes tipos de produtos.

Um acordo de princípio foi aprovado pelo Conselho da Monsanto na terça-feira, 13 setembro, à noite, de acordo com pessoas próximas ao caso citados pela agência Reuters e Bloomberg.

É o fim de quatro meses de batalha e complexas negociações. Em maio, três semanas depois de sua chegada à frente da Bayer, o novo CEO Werner Baumann criou a surpresa, revelando planos para comprar Monsanto, o mais caro e mais arriscada jamais tentada acordo feito por um grupo alemão. Seu antecessor Marijn Dekkers sempre tinha rejeitado esta proposta.

Bayer concordou no início desta semana em colocar sobre a mesa 65 bilhões de dólares ... Monsanto está pensando!