Bombardeiros B-1B sobrevoam a Coreia do Sul


Michell Hilton

Dois bombardeiros americanos B-1B sobrevoaram nesta terça-feira a Coreia do Sul em uma demonstração de força contra a Coreia do Norte, quatro dias após o quinto teste nuclear de Kim Jong-un.

Os aviões supersônicos entraram às 10h00 (22h00 de Brasília, segunda-feira) no espaço aéreo sul-coreano, perto da base aérea americana Osan, de Pyeongtaek, 64 km ao sul de Seul.

Cada uma das aeronaves, procedentes da base aérea Andersen de Guam, no Pacífico, foi escoltada por caças americanos e sul-coreanos.

"A demonstração de hoje é apenas um exemplo de toda a série de capacidades militares desta sólida aliança, que busca proporcionar e reforçar a dissuasão", declarou o general Vincent Brooks, comandante das forças americanas na Coreia do Sul.