Cessar-fogo na Síria se desfez porque o Pentágono se opôs


Cessar-fogo na Síria se desfez porque o Pentágono se opôs - MichellHilton.com

Barack Obama havia dado o seu aval ao secretário de Estado John Kerry para elaborar um acordo de cessar-fogo, mas, em seguida, o Pentágono se opôs a ele e a força aérea dos Estados Unidos imediatamente bombardeou tropas sírias.

Pelo menos 82 soldados sírios foram mortos no bombardeio em Dayr al-Zawr, que os EUA descreveu como não intencional, mas agora sabemos que foi "muito intencional".

O ataque aéreo foi "um esforço deliberado para sabotar e cancelar o cessar-fogo sírio".

Portanto, os EUA não querem chegar a um acordo nem com a Síria e muito menos com o governo da Rússia para derrotar os terroristas.

A Rússia está ajudando o governo legítimo de Assad a combater o terrorismo. Os EUA estão do lado do terror, financiando suas atividades contra Assad e o povo sírio.