Conselhos de segurança para quem vai viajar


Conselhos de segurança para quem vai viajar - Michell Hilton

Pesquise antes de viajar. Use a Internet para recolher informação útil sobre o país para onde vai, como avisos de segurança, mas também para registar o número de telefone do Consulado ou Embaixada do seu país.

Digitalize os seus documentos. Faça cópias físicas dos seus documentos pessoais e outra documentação da viagem, mas guarde uma cópia digital em um USB que ande sempre consigo.

Escolha um andar alto no hotel e pegue duas chaves. Mesmo que esteja sozinho num hotel, peça sempre uma chave extra e evite os andares mais baixos, onde a taxa de furtos é maior.

Não confie no cofre do hotel. “Os cofres de hotel não são de boa qualidade e quase todos os funcionários do hotel sabem o código para o abrir”. Ande sempre com o seu passaporte.

As carteiras ao pescoço foram adotadas pelos turistas como o meio seguro de transportar valores em férias, mas tornaram-se tão comuns que qualquer ladrão sabe como tirar proveito delas. É recomendado uma carteira de cinto.

Use um travão de porta com alarme. Para evitar visitas indesejadas durante a noite, recomendo a compra de um travão de porta com alarme.

Evite publicar nas redes sociais que vai você férias, porque qualquer um saberá que a sua casa vai estar vazia. Se tiver mesmo de publicar alguma coisa, ajuste as suas definições de privacidade.

Informe-se sobre os esquemas para turistas mais frequentes na região para onde vai passar uns dias de descanso.

Respeite os costumes locais, vista-se de forma apropriada à cultura onde está exija e estude o percurso que vai fazer, incluído os transportes públicos que vai usar. Caminhe com confiança e abra o mapa de forma discreta.

É recomendado que se usem apenas os táxis convencionados com os hotéis, ou, pelo menos, que se use o bom-senso no que toca à utilização deste tipo de serviços.