Cunha nas mãos do juiz Sérgio Moro...


Michell Hilton

Depois de ter o mandato cassado, Eduardo Cunha perdeu o foro privilegiado e poderá ser julgado pelo juiz Sérgio Moro, em Curitiba. Ontem, ele começou a desocupar o gabinete na Câmara e o apartamento funcional que morava, em Brasília.

Aos poucos a Câmara dos Deputados recolhe o que sobrou de Eduardo Cunha. Caixa por caixa. O gabinete, no terceiro andar, teve que ser liberado. Os assessores nomeados vão ser exonerados.

No total, são 11 procedimentos contra ele: duas ações penais, cinco inquéritos, dois pedidos de investigação, uma ação que tratava do afastamento do cargo de deputado e um pedido de prisão.

RECOMENDADO: