Duterte: Sou Hitler e quero matar milhões...


O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, comparou-se nesta sexta-feira (30) a Adolf Hitler

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, comparou-se nesta sexta-feira (30) a Adolf Hitler ao afirmar que gostaria de massacrar milhões de drogados no país, para onde retornou esta madrugada após uma viagem oficial de dois dias ao Vietnã.

"Hitler massacrou 3 milhões de judeus. Agora há aqui 3 milhões de viciados em drogas. Eu gostaria de massacrá-los todos", disse Duterte em Davao, segundo uma transcrição divulgada pela presidência das Filipinas. Historiadores calculam que cerca de 6 milhões de judeus foram mortos no Holocausto.

Duterte acrescentou que, enquanto as vítimas de Hitler eram todas pessoas inocentes, os seus alvos são "todos criminosos" e se livrar deles iria "acabar com o problema [das drogas] no meu país e salvar a próxima geração da perdição."