EUA pede 14 bilhões ao Deutsche Bank para abafar escândalos


EUA pede 14 bilhões ao Deutsche Bank para abafar escândalos

Deutsche Bank é suspeita de escandalosas irregularidades no período em 2008.

A penalidade está associada ao encerramento de um litígio ligado à crise financeira de 2008, em particular aos empréstimos imobiliários de baixa qualidade, os designados 'subprime'.

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos pediu ao alemão Deutsche Bank 14 bilhões em troca do encerramento do inquérito das autoridades americanas, que foi realizado contra à instituição financeira suspeita de ter cometido violações em negociações de títulos no período, de 2008. Isto foi relatado na quinta-feira Wall Street Journal.

Reguladores norte-americanos acreditam que o Deutsche Bank, bem como uma série de outros grandes bancos durante a crise financeira global, subestimaram a avaliação de risco sobre os títulos que acabaram por ser vendidos às companhias hipotecárias dos EUA Fannie Mae e Freddie Mac, estas intimamente associadas com o governo dos Estados Unidos. 

RECOMENDADO: