Pessoas estão desaparecendo na Turquia de Erdogan...


MichellHilton.com

O retorno da 'guerra suja' da Turquia contra os curdos: O desaparecimento misterioso do político curdo Hursit Kulter renovou a preocupação de que o Estado turco está desaparecendo com pessoas. Seu caso destaca um ataque brutal sobre o movimento curdo no país turco.

Onde está Hursit Kulter? A última mensagem que o político curdo enviou à sua família carregava um tom ameaçador, ele se juntou às centenas de outras pessoas que desapareceram na Turquia ao longo dos últimos anos.

"Perdoe-me com suas bênçãos", o político em uma mensagem à sua família da cidade sitiada de Sirnak em 27 de maio "Não há muito tempo. Dê meus cumprimentos a todos."

Duas testemunhas relataram ter visto as equipes das Operações Especiais levá-lo em um veículo blindado em 27 de maio, mas vários dias depois, uma conta no Twitter que acredita-se estar associada a operações especiais na região partilhou uma mensagem dizendo que ele estava sendo interrogado. O tweet foi posteriormente excluído e a conta encerrada.

Pessoas estão desaparecendo na Turquia de Erdogan... - Michell Hilton

O caso de Kulter levanta preocupações de que o país de Erdogan está novamente recorrendo ao método do desaparecimentos forçado. Só em Sirnak, mais de 200 pessoas desapareceram depois de serem presas na década de 1990. O último caso na província foi em 2001, quando dois políticos curdos desapareceram.

Desde 1984, cerca de 40 mil pessoas morreram em combates entre o Estado turco e o PKK, que luta por maiores direitos políticos e culturais para os curdos.

Parece que é hora do Curdistão se unir e fazer um favor aos turcos e derrubar Erdogan.