Intensos ataques em Aleppo


Intensos ataques em Aleppo - MichellHilton.com

As bombas voltaram a cair nesta sexta-feira (23) sobre os bairros rebeldes de Aleppo, onde intensos ataques aéreos do regime sírio causaram mortes e destruição como prelúdio de uma ampla operação terrestre.

Até agora, ao menos 27 civis morreram, informou a organização Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), atribuindo os ataques a "helicópteros e aviões de guerra russos".

Os bombardeios se sucedem de forma incessante, relata o jornalista da AFP presente na parte rebelde de Aleppo. Os prédios estão totalmente destruídos e não há como socorrer os habitantes, mesmo que equipes de resgates insistam em fazê-lo desesperadamente, usando as próprias mãos para socorrer os soterrados.

Dois centros dos chamados "capacetes brancos" (os voluntários da oposição síria) foram atingidos pelos bombardeios e um deles ficou totalmente destruído.

A onda de ataques contra a parte da cidade onde vivem 250 mil habitantes acontece quando os chefes da diplomacia russa e americana devem se reunir em Nova York para abordar o restabelecimento de uma trégua no país, depois da que foi interrompida na segunda.

Esse cessar-fogo, que durou uma semana, foi acordado entre Rússia e Estados Unidos, com a anuência do governo de Damasco. No entanto, ONGs registraram mais de 90 civis mortos no período.