ISIS não controla mais nenhum petróleo iraquiano


ISIS não controla mais nenhum petróleo iraquiano - MichellHilton.com

Após a recaptura de Shargat e Qayyarah - duas cidades ricas em petróleo no norte do Iraque - pelo exército iraquiano, o Estado Islâmico não se sustenta mais com poços de petróleo no Iraque.

Nos últimos dois anos, o ISIS operou vários poços de petróleo no Iraque, vendendo um pouco do óleo, bem como usando para satisfazer as suas necessidades internas.

As forças armadas iraquianas bateram o último prego no caixão dos recursos de petróleo do ISIS no Iraque quando eles retomaram os campos petrolíferos de Shargat e Qayyarah, deixando os militantes incapazes de produzir petróleo no Iraque e incapaz de contrabandear petróleo do Iraque para a venda.

"O Iraque não é mais um lar do petróleo ISIS. O grupo não só é incapaz de vender petróleo, mas também de comprá-lo, a fim de manter suas atividades", disse o Dr. Bewar Khinsi, assessor econômico do serviço de inteligência da região do Curdistão.

Qayyara foi o lar de 62 poços de petróleo e cerca de cinco bilhões de barris de petróleo ainda por explorar. Esta área estratégica foi libertada do grupo no mês passado. ISIS incendiou o petróleo quando eles se retiraram.

Na Síria, o ISIS possui três campos de petróleo significativos. Dos 80.000 barris que o ISIS produz em uma base diária, ele vende 50.000 através do contrabando e "cada barril é vendido de 15 a  20 dólares".

De acordo com dados do Khinsi, o grupo extremista faz cerca de 750.000 dólares por dia e 22,8 milhões de dólares por mês. 

MANCHETE SOBRE O ASSUNTO: ISIS no longer controls any Iraqi oil
A fraqueza nos seus recursos financeiros obrigou o grupo a aumentar a tributação sobre os empresários e os preços dos combustíveis.

"O preço de um cilindro de gás custa cerca de 80.000 IQD [70 dólares] e um barril de petróleo é vendido por 100 dólares e um litro de gasolina custa entre 500 a 2.000 IQD [mais de 1 dólar]," um residente de Mosul detalhou.

O petróleo da Síria é contrabandeado para Mosul para abastecer a estação geradora de eletricidade da cidade.

RECOMENDADO: